Turtle Bay recebe a última etapa do Stand Up World Series


 

SUP World Series volta à Turtle Bay para emocionante encerramento. Foto: Hank Fotos

De 12 a 14 de Outubro, o Turtle Bay Resort, localizado na ilha de Oahu, Havaí, será palco da última etapa do Stand Up World Series, circuito mundial de SUP race idealizado pela Waterman League. Turtle Bay foi escolhido para a abertura e encerramento do circuito para representar o final de um ciclo e também uma forma de homenagear as raízes do Stand Up Paddle moderno, difundido ao mundo através da cultura havaiana.

As estrelas do tour irão se reunir em Turtle Bay para batalhar pela definição do ranking cujo título ainda está em jogo e pelos US$ 15.000 oferecidos em prêmios em dinheiro. O evento contará com uma race de longa distância a partir de Turtle Bay para Haleiwa. Um trajeto que terá em alguns dos surfbreaks mais famosos do mundo como cenário, incluindo lugares como Sunset Beach, Pipeline e Waimea Bay.

Kai Lenny (à frente) é o atual líder e sonha com o título, mas enfrentará um páreo duríssimo contra Connor Baxter. Foto: Hank Fotos

Todas as etapas do World Series envolvem provas de longa e de curta distância, as famosas provas de sprint. No caso da última etapa, as disputas serão feitas em frente ao Hang Ten Bar, onde os atletas seguirão um curso triângulo passando em frente de um precipício que permite acomodar um grande número de espectadores, para mais adiante contornarem a última bóia e torcer pela entrada da série de ondas para levá-los o mais rápido possível rumo à vitória, garantindo um espetáculo de muita ação para o público.

Além das provas do circuito, serão realizadas races para a comunidade local, o já tradicional “Na Kama Kai Challenge” para a garotada e uma disputa oferecida pela Naish em que os competidores farão o desafio a bordo das pranchas infláveis “One Class”, nova aposta da fabricante para o segmento.

A Naish oferecerá uma race onde os competires usarão sua nova prancha inflável "One Class". Foto: divulgação

Última etapa promete fortes emoções

A partir da intensa rivalidade entre o atual ranking líder Kai Lenny e o segundo colocado Connor Baxter, que liderava o ranking até o último evento na Flórida, realizado na última semana (clique aqui), passando pela incrível consistência de Slater Trout, também do Havaí, Eric Terrien, da França, à grata surpresa revelada pelas ótimas atuações dos dois representantes de Punta Sayulita, México, Ryan Helm e Fernando Stalla, tudo leva a crer que essa etapa será a mais emocionante de todo o circuito.

O percurso das provas de sprint envolverá surfe - se os competidores tiverem a sorte de aproveitar as ondas da série na volta à praia. Foto: divulgação

Mas outros nomes não podem deixar de ser mencionados como Zane Schweitzer, sempre muito forte nas provas de sprint, e dos estreantes Mo Freitas, Kody Kerbox, Dean Christener e Casper Steinfath, da Dinamarca, além de remadores locais do North Shore como Noa Ginella e Kaeo Abby, Andrew Logreco e da família de Napoleon, que nunca deixam de impressionar e deixar sua marca.

Competição feminina pode surpreender

Annabel Anderson (ao centro) está com a mão na taça, mas as havaianas prometem "carimbar" a faixa da campeã. Foto: Morgan/ Waterman League

Enquanto Annabel Anderson da Nova Zelândia vem dominando todas as paradas internacionais do Stand Up World Series, é no Havaí, que ela enfrentará suas adversárias mais fortes, como Rachel Bruntsch, Morgan Hoesterrey e Mariko Strickland de Kauai, prontas para brigar de igual pra igual contra Annabel e carimabar a faixa de campeã praticamente conquistada pela neozelandesa.

Evento será transmitido ao vivo 

O evento será transmitido ao vivo a partir de Turtle Bay em 13 e 14 de outubro pelo site oficial do evento: standupworldseries.com

Fonte: Waterman League